Goiânia: Serviço de checagem dos ônibus da Metrobus rende resultados e evita problemas ao motorista

Atender as quase 200 mil pessoas que todos os dias utilizam os serviços do Eixo Anhanguera é um trabalho que exige esforço e não deixa de ser desafiador. Para que isso possa acontecer, trabalhos “invisíveis” a população são realizados na sede operacional da Metrobus, localizada na Vila Regina, em Goiânia.

Além do processo de higienização de veículos que envolve uma limpeza completa de aproximadamente 15 veículos por dia, o serviço de checagem do veículo feita pelo motorista na saída da garagem é de extrema importância. O gerente de transportes da empresa, João de Castro Torres explica o que é o check-list do veículo. “Trata-se de um processo que todo o motorista deve adotar antes de sair para a viagem. Coisas simples mas que fazem toda a diferença como observar as luzes de alerta no painel do carro, observar como está o nível de calibração dos pneus, dentre algumas outras observações”, menciona. “Também ele verifica se não há riscos ou possíveis avarias”, salienta.

Uma papeleta para vistoria prévia foi desenvolvida pela própria gerência de transportes e dá suporte e orientações ao motorista. Havendo algo errado, o motorista faz as devidas orientações e relata a Gerência de Frota para as correções. “Temos funcionários a disposição do trafego para manutenções todo o tempo”, menciona o gerente de suprimentos e manutenção de frota, Adélcio Alves.

Motorista da Metrobus há 5 anos, Antônio Gonçalves Filho, não inicia suas viagens sem antes realizar toda a checagem necessária no carro. “É indispensável”, diz ele. “Já evitei muitas dores de cabeça por fazer essa checagem”, menciona. Antônio se lembra de um dia que o carro ia saindo da garagem com o pneu vazio. “Seria uma perda de tempo, além disso, eu evitei ouvir reclamações dos usuários por começar uma viagem e não terminar ela”, rememora.

“Este tipo de coisa que buscamos evitar. Quando temos um check-list bem feito, a população se beneficia pois os índices de quebra ao longo da via exclusiva diminuem consideravelmente”, ressalta o gerente de frota.

Adélcio também salienta sobre a economia que se proporciona a empresa por meio dos checklists bem feitos. “Com um risco menor de um pneu estourar, por exemplo, conseguimos aumentar a vida útil dele”, menciona. Antes de quaisquer outros benefícios, talvez o maior deles seja refletido na qualidade da viagem do usuário no Eixo Anhanguera. “Uma vez que temos um risco menor do carro dar problema, não atrasaremos a viagem do cliente”.

Fonte: Metrobus