DF: Chancerley Santana assume presidência da TCB

Ônibus executivos do aeroporto ganham nova identidade visual
Por Rafael Martins

A Sociedade de Transportes Coletivos de Brasília (TCB) está sob nova direção. No último dia 04, Chancerley de Melo Santana foi empossado na presidência da companhia com mandato até 03 de janeiro de 2021. Formado em marketing e pós-graduado em gestão pública, com ênfase em políticas públicas, Chancerley foi secretário da Procuradoria da Câmara Legislativa, onde também atuou na Mesa Diretora. Ocupou assessoria especial e secretarias do Entorno e do Trabalho.

Até que o governador Ibaneis Rocha faça sua indicação, o ex-presidente da TCB, Fábio Viana Ávila, assume de forma interina a Diretoria Administrativa e Financeira da estatal.

O Conselho de Administração da TCB estabelece, nos termos do §2º do artigo 25 do Estatuto Social/TCB, o prazo de 30 dias para que Chancerley apresente termo de compromisso com metas e resultados específicos a serem alcançados na sua gestão. Cabe destacar que a atual gestão do Palácio do Buriti estuda a viabilidade de se privatizar a companhia.

Fundada em 8 de maio de 1961 e iniciando as operações em 1º de junho daquele ano, a TCB foi a primeira empresa de transporte coletivo criada em Brasília.

Atualmente a TCB tem 32 ônibus cadastrados no DFTrans e 180 funcionários, operando as linhas 108, 108.3, 108.5, 108.6, 108.7, 108.8 e 131.3, além da prestação de serviço de aluguel de ônibus e a operação da linha executiva 113 Aeroporto (Setor Hoteleiro Norte e Sul).