DF: Semob institui novo padrão visual dos ônibus que operam na capital

Viação Piracicabana - 115282
Por Rafael Martins

O Conselho de Transporte Público Coletivo do Distrito Federal (CTPC/DF) aprovou no último dia 05/11 a alteração da programação visual dos ônibus que operam o sistema básico e rural. Os novos ônibus a serem incorporados ao sistema deverão seguir as diretrizes da resolução do CTPC/DF. A normativa foi publicada nesta terça (13) no Diário Oficial do DF.

Com a licitação do transporte, o layout ora em vigor, diferenciava as empresas e suas respectivas áreas de atuação conforme as bacias operacionais que foram objeto de concessão. A partir de agora, a pintura será conforme o tipo de serviço na rede de ônibus do DF.

Os veículos urbanos, sejam ônibus convencionais ou microônibus, seguirão a cor amarela - como os que atualmente estão na frota da Viação Piracicabana. Os ônibus do serviço rural terão a cor laranja, enquanto o serviço executivo a cor azul petróleo. Os veículos elétricos terão a cor verde, remetendo a sustentabilidade. Em outra tonalidade de verde, mais clara, será para os ônibus dos corredores troncais (Expresso DF). Além disto, foi definido o layout dos veículos do serviço acessível, voltado totalmente a portadores deficiência física/ locomoção e seus acompanhantes.

Todos os ônibus terão estampados a marca institucional "Brasília Integrada", utilizada pelo GDF em seu sistema de transporte. Mas porquê? Basicamente é uma estratégia de marketing para se criar uma identidade do serviço, uma empatia com o público.

O estigma negativo dos sistemas de ônibus existentes pode ser uma enorme barreira para superar a venda de qualquer conceito baseado em ônibus, mas pode também ser uma oportunidade para promover mudanças. A estratégia de marketing provavelmente começará com a “criação da marca” através do nome e logo do sistema. Nomes de sistema como TransMilenio e TransCaribe (Colômbia) TransJakarta (Indonésia) ou Rea Vaya (África do Sul) contribuíram muito para a criação de uma nova imagem do transporte baseado em ônibus.

No caso do DF, a criação da marca Brasília Integrada, é fundamental, visto que o sistema ainda está em transição de modelo operacional, de um modelo estruturado em linhas diretas que durante anos operou sem qualquer integração tarifária e operacional; para um sistema tronco-alimentador totalmente integrado. 

O novo layout dos ônibus aprovado pelo CTPC/DF utiliza como referência o símbolo oficial da bandeira de Brasília e faz alusão ao cruzamento entre o Eixo Monumental e o Eixo Rodoviário, onde encontra-se a Rodoviária do Plano Piloto - ponto de convergência da rede de ônibus do Distrito Federal e sua Área Metropolitana. A identidade visual também representa os caminhos nas quatro direções. As cores verde e amarelo, além de serem cores de Brasília, representam a sustentabilidade relacionada à mobilidade urbana.

Esta pintura, adotada pioneiramente pela Viação Piracicabana, foi vencedora de um concurso nacional em 2017. O layout também está presente em outros produtos, como os cartões do Bilhete Único e o aplicativo +Ônibus, justamente para conferir a identidade da marca do sistema com o usuário.