DF: TCB e Metrô terão seis meses para cumprir obrigatoriedade da biometria facial

Por Rafael Martins

Em um prazo de 180 dias, contados a partir de 1º de agosto, todos os ônibus da TCB e catracas das estações do Metrô-DF deverão ter o equipamento de biometria facial instalados e em pleno funcionamento.

A portaria que exige a biometria facial foi publicada no Diário Oficial do Distrito Federal desta sexta (13). Segundo o documento, as empresas devem cumprir o disposto na Portaria nº 15, de 30 de abril de 2018.


Entenda como funciona a biometria facial

Acima dos validadores, onde os passageiros passam o cartão, são instaladas câmeras que captam imagens de quem passa pela catraca. Por meio de um software, elas são comparadas com as fotos cadastradas no sistema.

Quando o programa detecta automaticamente divergências — ou seja, alerta que as imagens não coincidem —, um analista do Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans) avalia se há um caso de fraude.

Se confirmada a irregularidade, o benefício é suspenso, e abre-se um processo administrativo em que o usuário tem direito ao contraditório e ampla defesa. De acordo com a secretaria, se ainda assim os esclarecimentos forem insatisfatórios, o cartão é bloqueado.