Entorno DF: Viação Expresso Planaltina vence chamamento para linhas semiurbanas em Formosa

Viação Expresso Planaltina - 003015
Por Rafael Martins

A Viação Expresso Planaltina venceu o chamamento público da ANTT para as linhas entre Formosa e Planaltina (DF). A decisão publicada hoje (12) no Diário Oficial da União autoriza a empresa operar até 30 de novembro de 2018 ou até finalização do processo licitatório, que encontra-se sobrestado até a conclusão dos estudos da integração com o sistema de transporte do DF.

A empresa já opera as linhas em questão por meio de um contrato emergencial, cuja autorização vence dia 28 deste mês.

A frota para operar o trecho é de 05 ônibus. A tarifa vigente é de R$ 4,55.

Horário das linhas



Histórico

A insegurança no atendimento aos passageiros das linhas semiurbanas da Viação Anapolina (Vian) arrasta-se desde 2014. Em dezembro de 2016, a Justiça de Goiás havia decretado a falência da empresa, todavia segundo uma decisão da 2ª Vara Cível da Comarca de Anápolis foi concedido agravo de instrumento para suspender os efeitos da decisão que decretou a falência da Vian.

Nesse sentido foi determinado a continuação da recuperação judicial da empresa até o julgamento final do agravo de instrumento, e portanto a Vian continuou a operar as linhas outrora concedidas pela ANTT, até a decisão final do referido processo.

Em outubro de 2017, a ANTT anunciou a possibilidade de realizar um chamamento público para as linhas semiurbanas que a Vian tinha permissão, porém a realização do chamamento estava condicionado à confirmação da falência, ou cassação da autorização da empresa pela ANTT.

Em 13 de dezembro do ano passado, a situação da Vian foi pauta na penúltima reunião entre a diretoria da Agência em razão da iminente decretação de falência da empresa.

Com a contratação emergencial da Viação Expresso Planaltina ainda em dezembro, a ANTT ganhou fôlego para realizar o chamamento público sem prejuízo no atendimento no trecho Formosa/Planaltina (DF).

Em fevereiro deste ano, a Agência abriu o certame para regularizar o atendimento da demanda entre as duas cidades. Maximus Transporte e Viação Expresso Planaltina foram as únicas empresas que apresentaram documentação para o chamamento público.