Entorno DF: Falta de diesel reduz frota de ônibus, e população protesta em Águas Lindas

Por Rafael Martins

A falta de combustível, reflexo da greve dos caminhoneiros que encerraram a paralisação ontem (31), motivou as empresas de ônibus do Entorno a reduzirem a frota em operação neste feriado prolongado.

De acordo com os passageiros, um coletivo passava em média a cada duas horas com superlotação. Alguns esperavam desde as 5h da manhã para conseguir embarcar. Por isso, eles resolveram queimar pneus e madeira no meio da rodovia BR-070 para impedir o trânsito no local e protestar contra a falta de ônibus.

O trânsito ficou lento e a polícia foi chamada para conter o protesto.

Ao G1, o diretor da Taguatur, João Caetano - empresa responsável pelas maior parte das linhas da cidade para o DF, informou que houve uma redução de 10% na frota de devido à paralisação dos caminhoneiros, o que provocou a falta de combustível na cidade; todavia o abastecimento seria normalizado a partir deste sábado (2) equacionando a falta de ônibus e superlotação.