DF: Capital mantém queda no número de roubos em coletivo

Roubos em ônibus no DF caem por dez meses consecutivos
Por Rafael Martins

Os roubos em coletivos no Distrito Federal caíram 41,6% em maio deste ano se comparado ao mesmo período de 2017. O índice foi apresentado pela Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social nesta sexta-feira (08).

A comparação do acumulado nos cinco primeiros meses do ano também resultou em diminuição de 34%: foram 1.212 ocorrências contra 790 em 2018.


De acordo com a Secretaria da Segurança, as abordagens a coletivos e ações integradas de forças de segurança estão entre os motivos que mantiveram a queda desse tipo de crime no período.

“O trabalho integrado entre as secretarias e as forças de segurança possibilita um trabalho muito mais inteligente e objetivo”, avaliou o secretário de Mobilidade, Fábio Damasceno, que também participou da coletiva.

Estratégias para coibir o roubo em coletivos

Em Samambaia, cidade com os índices mais preocupantes, os rodoviários criaram um grupo de WhatsApp com a polícia para sinalizar assaltos a coletivos. A iniciativa foi matéria no Correio Braziliense.

Formal ou informalmente, diversos batalhões da PM adotaram a prática de se corresponder por WhatsApp com a população. Quem conta é o porta-voz da corporação, major Michello Bueno. Segundo ele, normalmente, há um policial destacado para filtrar as mensagens e direcionar equipes. Com essa orientação, as rondas ficam mais eficientes. - destaca a reportagem.