Entorno DF: Modelagem do sistema de integração deve estar pronta até o fim de 2018, estima ANTT

Catedral Turismo - 14215
Por Rafael Martins

O processo para lançar o edital de licitação dos lotes remanescentes da concorrência de 2014 encontra-se sobrestado até a conclusão dos estudos de integração com o sistema do DF. Neste sentido, a Agência Nacional de Transportes Terrestres - ANTT prevê que até o fim deste ano, esteja concluída o modelo de integração das linhas semiurbanas com o sistema brasiliense,  dependendo do aval do Ministério dos Transportes.

"A nossa estimativa é que até ao final deste semestre, a ANTT e o GDF já tenham um estudo preliminar da modelagem; para que no segundo semestre possamos então estudar e construir os detalhes da modelagem destes contratos que serão licitados em 2019 nas linhas do Entorno", disse João Paulo de Souza, Superintendente da ANTT, em entrevista ao jornal DF1.

Com a integração dos sistemas, mais de 200 mil passageiros do Entorno passarão a usar os ônibus do DF, mas entra em questionamento se o sistema brasiliense teria capacidade para absorver esta demanda. 

"É uma proposta vantajosa e extremamente viável. Você consegue ter uma oferta de ônibus a cada 10 minutos, 15 minutos e ao trazer para os terminais do DF, nós vamos conectar esses passageiros ao BRT, às linhas troncais, ao Metrô - que antes esse passageiro não tinha essa opção", explica Fábio Damasceno, Secretário de Mobilidade do DF.

A Semob informou ao DF1 que os terminais de Ceilândia, Samambaia e Santa Maria estão aptos a receber esses passageiros do Entorno. Outros teriam de receber reformas para ampliar a capacidade, e que está em estudo para aumentar a frota das empresas do DF em relação aos ônibus articulados para operação das linhas troncais.

As linhas semiurbanas do Entorno Sul seriam integradas ao Terminal de Santa Maria. Os trajetos do Jardim ABC, em Cidade Ocidental, iriam até o Terminal de São Sebastião.

Os passageiros de Santo Antônio do Descoberto terão o Terminal de Samambaia como local de integração para o sistema de ônibus do DF.

As linhas de Águas Lindas de Goiás e distrito de Girassol seriam integradas em terminais de Ceilândia. O Terminal de Brazlândia receberia os passageiros de Monte Alto, distrito de Padre Bernardo.

No Entorno Norte, linhas de Formosa e Planaltina de Goiás seriam integradas no Terminal Rodoviário de Planaltina.

A integração proposta pela ANTT vai de encontro ao estabelecido no Plano Diretor de Transporte Urbano e Mobilidade do Distrito Federal e Entorno (PDTU/DF). O programa de mobilidade, em sua elaboração, traçou três cenários; os quais foram simulados para ao fim, apresentar qual seria a melhor alternativa a ser adotada pelo Distrito Federal e Entorno nos próximos 10 anos.

Na proposta escolhida para o Entorno, as linhas semiurbanas estão integradas à rede do DF, em termos operacionais e tarifários dentro do sistema tronco-alimentador, com troncais partindo dos terminais/rodoviárias do Entorno para o Distrito Federal, integrando em terminais nas regiões administrativas ou com destino direto, como por exemplo, à Rodoviária do Plano Piloto.

De início, os atuais terminais rodoviários teriam suas estruturas reformadas e ampliadas, e caso necessário, novos terminais e estações de conexão seriam edificados para dar suporte ao sistema integrado a ser efetivado, sendo imprescindível, adotar uma nova política tarifária.