DF: Cai uso do ônibus para se chegar ao metrô, aponta pesquisa do Metrô/DF

DFTrans amplia frota e melhora linhas circulares de Ceilândia
Por Rafael Martins

O número de passageiros que usam o ônibus para integrar ao metrô caiu de 27,03% em 2016 para 24,62% em 2017. O índice não diz sobre a integração intermodal - apenas como o usuário chega ao metrô, todavia, pressupõe-se tal afirmativa devido a rede de transporte público ser totalmente integrada desde 2013, quando foi instituída a integração tarifária por meio do Decreto n° 34.495, de junho de 2013. 

Até a publicação deste decreto, apenas as linhas da TCB e alguns circulares de Ceilândia, Samambaia e Guará faziam a integração com o metrô. Os dados acima constam na Pesquisa de Avaliação dos Serviços Prestados, encomendada pela Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF).

De acordo com o documento, devido a localização e posicionamento das estações, 60% dos usuários entrevistados acessam o modal a pé; seguido do ônibus (24,6%). Quando analisa-se o destino, o uso do ônibus é um pouco maior: 25,4%, prevalecendo ainda os deslocamentos a pé (63%).

A bicicleta é o meio menos utilizado para acessar ao metrô, com pouco mais de 1%; apesar do Decreto n° 33.529, de 10 de fevereiro de 2012, que regulamentou a Lei n° 4.216/2008, permitir que os passageiros que usam o sistema metroviário possam transportar suas bicicletas ou similares nos vagões do metrô do DF.

As origens e destinos identificadas na pesquisa, são majoritariamente, casa ou trabalho; todavia a sondagem feita não se trata de um estudo de origem e destino do público usuário do metrô, mas sim um estudo de característica de hábitos de viagem da amostra pesquisada. Foram entrevistadas 3.038 pessoas com mais de 16 anos, escolhidas aleatoriamente entre as 24 estações, no período de 19 a 25 de fevereiro deste ano.

Destarte, a pesquisa destaca que mesmo após a criação do Bilhete Único, em setembro de 2017, o uso do ônibus para se chegar ao metrô caiu.

Quanto a bilhetagem, o Cartão Unitário - ofertado pelo Metrô/DF - lidera o uso de cartão de transporte público para acessar o metrô, apesar de uma pequena queda após a implantação do Bilhete Único (BU), que ficou em segundo lugar. As gratuidades, somadas todas as categorias, chegam a 21% do universo pesquisado.