DF: Se GDF não negociar, metroviários pretendem entrar em greve na próxima segunda (16)

Por Rafael Martins

Os metroviários deram um ultimato: ou o Governo de Brasília resolve o impasse dentro de uma semana, ou a categoria entra em greve a partir do dia 16/04. A decisão foi tomada em assembleia realizada na noite deste domingo (8) na Praça do Relógio, em Taguatinga, que tem agendado para o próximo domingo (15) uma nova assembleia.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Metroviários do DF (SindMetrô-DF), a categoria pede a definição de um reajuste salarial retroativo com pagamento retroativo à 2015 e a participação dos empregados no Conselho de Administração do Metrô-DF.

A assessoria de imprensa do Metrô afirmou que a empresa continua aberta a negociações com o sindicato e disse que já foi oferecida duas vagas para participação do conselho de administração. Em relação ao reajuste, completou que isso está judicializado.

A ultima paralisação dos metroviários aconteceu no final de 2017, e durou cerca de 40 dias.