DF: Polícia detém acusados de roubar passageiros de ônibus em Planaltina

Linhas e paradas de ônibus do Distrito Federal voltaram a ser alvo de assaltantes nesta quinta-feira (30/11). Em dois flagrantes, a Polícia Militar deteve quatro pessoas, duas delas menores de idade, acusadas de roubos a passageiros do sistema de transporte público.

Em um dos casos relatados pela PM, tio e sobrinho assaltaram passageiros dentro de um ônibus na Vila Buritis, em Planaltina, por volta das 13h30. Um dos acusados tem passagem por homicídio. O veículo seguia até o Terminal Rodoviário da Asa Sul.

Depois do roubo, um casal conseguiu acionar policiais das Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam). Com a denúncia, os militares localizaram o carro usado pelos dois assaltantes e chegaram à casa onde ambos se escondiam. Lá, a PM encontrou os objetos roubados. A 31ª Delegacia de Polícia (Planaltina) apura o caso.

Um pouco mais cedo, dois menores foram apreendidos acusados de assaltar passageiros que aguardavam um ônibus em uma das paradas na BR-020, também em Planaltina, na altura do Condomínio Mansões Itiquira. A equipe da Rotam perseguiu a dupla e encontrou, com os dois, celulares, carteiras e documentos das vítimas. Os policiais levaram os adolescentes à Delegacia da Criança e do Adolescente, na Asa Norte.

Violência em ônibus preocupa

Números da Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social (SSP/DF) mostram o tamanho do problema dos roubos no transporte público. De janeiro a outubro deste ano, o governo registrou 2.254 assaltos a coletivos, uma melhora em 5,3% em relação ao mesmo período de 2016. No entanto, esse valor ainda significa uma média de 7,41 ocorrências por dia.

Embora a quantidade de assaltos a ônibus ainda seja alarmante, houve uma redução considerável nos crimes do tipo em outubro. Em 2017, o mês teve 186 roubos no transporte coletivo, quase metade dos 369 registrados no mesmo período no ano passado.

Ainda assim, alguns assaltos terminaram em tragédia, dentro ou fora dos coletivos. No dia 31 de outubro, um homem morreu baleado em uma parada de ônibus em Samambaia. Em outro caso, uma adolescente ficou ferida quando assaltantes alvejaram o coletivo onde ela estava. E, no mesmo mês, uma mulher morreu após ser atingida na cabeça dentro de um veículo que ia do Gama à Cidade Ocidental (GO).

E não apenas o transporte público tem sido alvo de bandidos. O medo da violência em ônibus interestaduais foi tema de reportagem do Correio publicada na sexta-feira passada (24/11).

Levantamento da Polícia Rodoviária Federal e a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) mostrou que assaltantes levam medo a passageiros e motoristas nas rodovias que cortam o DF. Somente na BR-060, principal ligação entre Brasília e Goiânia, houve 15 assaltos a ônibus interestaduais neste ano.

Fonte: Correio Braziliense