DF: Panfletos publicitários danificam grafite em paradas de ônibus

Paradas de ônibus em Sobradinho e em Taguatinga, no Distrito Federal, que haviam sido grafitadas por artistas da capital foram danificadas pela colagem de panfletos publicitários, por cima da desenho. Os cartazes foram retirados a pedido das administrações regionais, mas a cola deixou marcas na pintura.

Na semana passada, a TV Globo mostrou que 70 paradas foram afetadas pela ação de empresas. Os pontos haviam sido revitalizados com pinturas autorais e inéditas a partir de um movimento criado pelo artista de Sobradinho Toninho de Souza. Na tarde desta quarta-feira (6), ele e um dos empresários se encontraram para analisar os estragos – a reportagem acompanhou.

O empresário disse que contratou um serviço para recuperar as paradas de ônibus e que vai disponibilizar tinta, pincel, spray e "tudo o que for preciso" para fazer a recuperação dos grafites. "A gente veio aqui pra se retratar, em função do acontecido, e a gente tá fazendo o que for melhor pra deixar tudo perfeito novamente."

Para o artista Toninho, a ação foi uma "oportunidade para chamar a atenção dos outros empresários para não colocar nas paradas de ônibus". "É proibido colocar cartazes mesmo que não tenha obra de arte."

Em Taguatinga, as paradas mais afetadas foram as da Avenida Hélio Prates, onde 22 paradas de ônibus foram decoradas por grafiteiros em agosto. O empresário disse que também vai recuperar os pontos desta região.

"A gente está com equipe com mais ou menos 20 pessoas. Todas as madrugadas a gente está limpando as paradas independente de ser só nosso evento."

Fonte: G1 DF