DF: Falha e quebra-quebra param metrô em Ceilândia nesta segunda

Os brasilienses que dependem do metrô enfrentaram dificuldades nesta segunda-feira (4/12). Não bastasse o número reduzido de trens circulando por conta da greve dos servidores, uma falha mecânica e uma confusão prejudicaram o funcionamento do sistema nas primeiras horas do dia. O ramal de Ceilândia ficou parado por quase duas horas, houve quebra-quebra na estação da Praça do relógio, em Taguatinga, e passageiros precisaram de atendimento médico.

Por volta das 6h, segundo a empresa, a máquina de chave apresentou problema no ramal de Ceilândia, e os trens precisaram ser alinhados manualmente, passando a rodar na velocidade de 20 km/h. Um pouco mais tarde, por volta das 7h, um passageiro teria acionado o botão de emergência, no mesmo ramal, as portas se abriram e os usuários deixaram o vagão. Segundo o Corpo de Bombeiros, janelas foram quebradas e algumas pessoas precisaram de atendimento.

Para evitar que os passageiros fossem eletrocutados, os trilhos tiveram de ser desenergizados, próximo à estação da Praça do Relógio. Todo o ramal de Ceilândia ficou parado. O sistema só voltou a funcionar por volta das 9h. Por conta do incidente, houve confusão. Passageiros irritados tentaram invadir as bilheterias da estação exigindo a devolução do dinheiro das passagens. O local foi depredado.

Fonte: Portal Metrópoles