DF: Metrô reduz consumo de água em 49%

Como parte do esforço coletivo do Governo de Brasília e de toda a população do Distrito Federal, o Metrô-DF tem reduzido consideravelmente as despesas do consumo de água. Com o Plano de Redução de Consumo no Uso da Água, que contempla diversas ações de incentivo ao uso racional da água, a empresa reduziu 49% do consumo entre outubro de 2016 e julho de 2017, em comparação ao mesmo período de 2015.

Além disso, um relatório interno feito pela empresa demonstra que o valor da conta de água em outubro de 2017 foi reduzido em 53% em comparação com o mesmo período do ano passado. Em outubro de 2016 o valor da conta de água foi de R$ 197.370,25, enquanto em outubro deste ano foi de R$ 92.079,20. Em metros cúbicos, a redução foi de 8.658 m³ em 2016 para 4.108 m³ em 2017. Mais um incentivo para continuar economizando cada vez mais.

Mesmo antes do racionamento de água em Brasília, o Metrô-DF, por meio da Diretoria de Administração – DAD, já havia elaborado o Plano de Redução de Consumo no Uso da Água, evitando desperdícios, seja por vazamentos na rede hidráulica ou por falta de conscientização dos empregados da Companhia e usuários que usam o serviço.

Cabe ressaltar que a empresa conseguiu a outorga para a construção de dois poços artesianos destinados à irrigação dos jardins e lavagem dos trens no Complexo Administrativo e Operacional (CAO), uma vez que não há necessidade de se utilizar água tratada para a lavagem de trens e irrigação. Além disso, a empresa está realizando um estudo para captação de água pluvial a ser utilizada na higienização e limpeza do CAO.

De olho na economia:

-Limpeza pesada nas estações e centro administrativo passou a ser em dias alternados;

- Dois empregados do Departamento Administrativo – ADM percorreram todo o Metrô a procura de vazamentos;

- Diminuição na frequência da irrigação dos jardins;

- Rebaixamento do nível das boias das caixas de descargas de todos os banheiros;

- Todas as torneiras externas das estações foram fechadas para evitar o uso da água por “flanelinhas”;

- Criação de adesivos de conscientização sobre o fechamento correto das torneiras após o uso em todas as torneiras do Metrô;

- Campanha de conscientização ao correto uso dos recursos hídricos com a afixação de cartazes em todos os departamentos e divisões da companhia e publicações na intranet;

- Instalação de 100 (cem) torneiras que diminuem a quantidade da vazão da água.

Campanha

O caso de sucesso do Metrô-DF é parte da campanha “Desafio Pingo de Consciência – Cada gota vale muito”, lançada pela Secretaria da Casa Civil, Relações Institucionais e Sociais em agosto. O objetivo é promover e ampliar a conscientização entre os funcionários da Administração Direta e Indireta do DF em relação à necessária e imediata diminuição do consumo de água em órgãos públicos.

A meta mínima é uma diminuição de 10% do consumo em relação ao mesmo período de 2015 em todos os órgãos, conforme disposto no Decreto nº 37.644, de 20 de setembro de 2016.

Fonte: Metrô-DF