DF: Metrô divulga funcionamento do sistema durante a greve

Em cumprimento da decisão do desembargador Pedro Luís Vicentin Foltran, do Tribunal Regional do Trabalho (TRT), a Companhia do Metropolitano do DF (Metrô-DF) informa que, durante a greve:

Nos dias úteis, funcionará com 75% dos trens (18) no horário de pico (6h às 8h45 e das 16h45 às 19h30) e 30% nos demais horários (chamados horários de vale), 5 trens (das 8h45 às 16h45) e 3 trens (das 19h30 às 23h30). 

No sábado, 12 trens estarão em circulação no horário de pico, 4 no vale da manhã e 4 no vale da noite. 

No domingo, são 3 trens durante todo o dia.

Alertamos que o headway (tempo de espera entre um trem e outro) será de:

Dias úteis

Horário de pico: 6h às 8h45 e das 16h45 às 19h30

– 6 minutos de Central a Águas Claras e vice-versa
– 12 minutos nos ramais de Ceilândia e Samambaia

Horário de vale da manhã: 8h45 às 16h45

– 18 minutos de Central a Águas Claras e vice-versa
– 36 minutos nos ramais de Ceilândia e Samambaia

Horário de vale da noite: 19h30 às 23h30

– 30 minutos de Central a Águas Claras e vice-versa
– 60 minutos nos ramais de Ceilândia e Samambaia

Sábados

Horário de pico: 6h às 9h45 e das 17h às 19h15

– 8 minutos de Central a Águas Claras e vice-versa
– 16 minutos nos ramais de Ceilândia e Samambaia

Horário de vale da manhã: 9h45 às 17h

– 23 minutos de Central a Águas Claras e vice-versa
– 46 minutos nos ramais de Ceilândia e Samambaia

Horário de vale da noite: 19h15 às 23h30

– 30 minutos de Central a Águas Claras e vice-versa
– 60 minutos nos ramais de Ceilândia e Samambaia

Domingos e feriados

Horário: 7h às 19h

– 30 minutos de Central a Águas Claras e vice-versa
– 60 minutos nos ramais de Ceilândia e Samambaia

A direção da empresa lamenta os transtornos à população, mas cumprirá, rigorosamente, a decisão do TRT. De acordo com o despacho do desembargador, a responsabilidade da operação do sistema é compartilhada entre a direção e o Sindicato dos Metroviários.

Fonte: Metrô-DF