Goiânia: Viação Reunidas - Superando desafios há mais de 41 anos

Garagem Viação Reunidas
Por Rafael Martins

A história da Viação Reunidas funde-se à história do transporte coletivo de Goiânia. Em 1969 foi efetuada a primeira licitação de linhas, quando entram a Viação Araguarina (que posteriormente transferiu sua concessão para a Rápido Araguaia no transporte metropolitano); HP Auto Peças (atual HP Transportes); Viação Santa Luzia (que transferiu sua concessão para a Viação Reunidas) e a Viação Jussara.

A Reunidas foi fundada em 17 de janeiro de 1973, data do arquivamento de seu contrato social, tendo como objetivo inicial, o transporte coletivo urbano de passageiros, objetivo este que se manteve inalterado ao longo de sua história.

A sociedade teve como sócios fundadores os Srs. Abadio Pereira Cardoso, Jorge Elias Abrão, Manoel Vaz Teodoro, Mario Miguel, Latif Miguel, Fued Moisés, Décio Caetano Vieira e Juarez Mendes Melo.

Em 08 de maio de 1973 foi formalizada a transferência de concessão da Viação Santa Luzia para a Viação Reunidas, que passaria a operar em 7 linhas no tronco Goiânia/Campinas via Fama com 28 ônibus, além de seis veículos para a frota reserva. A primeira garagem da empresa ficava na Rua 10, no Setor Fama.

Viação Reunidas - 4037
Quem recorda-se com riqueza de detalhes do local é Cláudio Lisita (foto acima) que está na Reunidas desde maio de 1984 e atualmente é gerente de operações da empresa. Dono de impressionantes histórias, ele lamenta hoje não ter tantos registros fotográficos de uma época que permanece intacta em suas lembranças.

Em 2008 a Reunidas venceu a licitação do transporte metropolitano, e conquista o direito de concessão por 20 anos para trabalhar na região Oeste-Noroeste de Goiânia com 75% da frota zero-km.

Garagem Viação Reunidas
Com 150 ônibus na sua frota ano 2008, a Reunidas circula em 89 linhas por 280 bairros, em operação compartilhada com a Rápido Araguaia. 

Viação Reunidas - 30151

A Reunidas ainda opera uma linha do serviço Citybus.

Viação Reunidas - 30121
Toda sua frota têm câmeras de segurança, o que contribuiu para a redução dos índices de evasão de receita e de significativa redução nos índices de violência. Todas as imagens geradas são repassadas para a Central de Segurança da RedeMob Consórcio.

Em 2013 amargou a pior crise financeira da sua história, originada pela grave crise estrutural do setor, com perda de passageiros, velocidade operacional e competitividade do transporte público, agravada pelo desequilíbrio da redução tarifária. Dificuldade em comprar combustível, atrasos nos salários dos motoristas e quitação dos débitos com fornecedores foram algumas das consequências da crise. 

Desde 2014, a Reunidas vem passando por um processo de reestruturação contando com total apoio do SET. Atualmente o SIAN (Serviços Integrados de Apoio a Negócios) atua na empresa na gestão de processos e apoio ao negócio. 

Isto possibilitou a empresa iniciar um processo de recuperação da saúde financeira, honrar compromissos com fornecedores e pagamento em dia dos funcionários e colaboradores.

Os desafios da Viação Reunidas, desde a crise no setor de transportes em 2013, são de manter a saúde financeira, reestruturar seus processos e automatizá-los e prover um serviço de melhor qualidade aos usuários da RMTC, em especial ao arco oeste-noroeste.

A garagem da empresa, próximo ao Terminal Dergo, tem cerca de 15.000 m² com abrangente área verde, onde fica também a sede administrativa.

Garagem Viação Reunidas