Goiânia: Trabalhadores do transporte coletivo rejeitam proposta do SET

Por Rafael Martins

Os trabalhadores do transporte coletivo metropolitano rejeitaram a proposta Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros de Goiânia - SET em assembleia extraordinária com votação secreta feita nos dias 26 e 27 deste mês.

A proposta do SET previa um reajuste de 4,69% retroativos ao mês de março e incidentes sobre o salário, ticket alimentação e gratificação por serviço suplementar, além de propor o congelamento do anuênio a partir de 1º de outubro. Outras propostas foram apresentadas devido as mudanças realizadas na CLT, que entram em vigor em 11 de novembro deste ano.

Com a reprovação da proposta do SET por parte da categoria, as negociações serão reabertas.

O Acordo Coletivo de Trabalho dos funcionários da Metrobus está sendo feito a parte devido as particularidades da estatal em relação as demais concessionárias da RMTC.