DF: Impasse entre rodoviários e empresários chega ao fim e greve está descartada

Expresso São José - 79031
Por Rafael Martins

Em assembleia realizada na manhã deste domingo (24) os rodoviários aceitaram a proposta de reajuste salarial dos empresários de 5%, índice que se aplica ao tíquete alimentação e à cesta básica, além da correção de 13% nos planos de saúde e odontológico.

Este é o primeiro acordo em negociação sem a mediação do TRT, após tentativas frustradas de conciliação no Tribunal entre as partes.

Agora o acordo coletivo segue para homologação no TRT. Os ônibus das cinco empresas de Brasília - Pioneira, Piracicabana, Marechal, São José e Urbi - irão circular normalmente nesta segunda (25).