DF: TCB quita dívidas previdenciárias da década de 1990

Da Agência Brasília

A Sociedade de Transportes Coletivos de Brasília (TCB) quitou a última parcela de um programa de parcelamento de débitos fechado com a Receita Federal em 2009. Divididas em 96 vezes, as últimas parcelas da dívida giravam em torno de R$ 800 mil mensais.

O débito, quitado no mês passado, se refere a valores que deixaram de ser recolhidos para a previdência social na década de 1990. “O Tesouro deixará de investir esse recurso, que neste ano chegaria ainda a quase R$ 4 milhões”, avalia o diretor-presidente da TCB, Carlos Artur Hauschild.

Segundo Hauschild, com o pagamento, a empresa pública passa a ter as contas em dia. “Era a única dívida que nós tínhamos do passado. Não temos mais nenhum débito com nenhuma instituição financeira ou empresa pública.”