Goiânia: Prefeito se encontra com governador para discutir transporte coletivo da Região Metropolitana

O prefeito Iris Rezende, acompanhado dos secretários municipais Samuel Almeida (Segov), Agenor Mariano (Seplanh), Paulo Ortegal (Chefe de Gabinete) e Fernando Meirelles (Cmtc), se encontrou hoje, 20, com o governador de Goiás, Marconi Perillo. A reunião aconteceu no Palácio Pedro Ludovico Teixeira e teve como pauta o transporte coletivo da Região Metropolitana de Goiânia.

Já no início da reunião, o prefeito Iris Rezende destacou sua preocupação com o transporte coletivo e propôs a Marconi Perillo a criação de uma comissão com representantes do município e do Estado para implantação de novas linhas entre os bairros de Goiânia e de linhas intermunicipais. “É fundamental, no entanto, que essas novas linhas não onerem os usuários goianienses”, lembrou .

Além do transporte coletivo, os chefes dos executivos municipal e estadual falaram também sobre a Saneago. O governador Marconi Perillo garantiu ao prefeito que a estatal não corre o risco de ser privatizada e para reforçar seu compromisso pediu ao prefeito que indique um nome para compor o Conselho Administrativo da empresa. 'E quero dizer ainda que estamos abertos à sua orientação no que diz respeito a Saneago. Acredito que um dia a privatização deverá ser discutida, mas eu não vou abrir este diálogo e não vou privatizar”, reforçou Perillo.

Em clima de descontração, Iris Rezende brincou com o governador ao cobrar recursos do Goiás na Frente, programa do governo Estadual que tem firmado convênios com as prefeituras goianas. 'Goiânia já está enciumada por ficar de fora da distribuição destes benefícios', afirmou em tom descontraído. Em outro momento do encontro, o prefeito discutiu com o governador parcerias para execução de projetos da prefeitura, entre eles a continuação da Avenida Leste-Oeste. Iris Rezende afirmou ao governador que vai compartilhar o projeto com o governo Estadual para que o Estado possa contribuir com recursos para a obra.

A reunião durou cerca de 50 minutos e ao final o prefeito cobrou do governo de Goiás uma maior colaboração financeira para a Companhia Metropolitana do Transporte Coletivo (CMTC) e ouviu do governador a garantia de que todos os esforços do governo Estadual serão dispensados para garantir uma prestação de serviços de qualidade para a população da região metropolitana de Goiânia.

Fonte: Prefeitura de Goiânia