DF: Rodoviários aprovam indicativo de greve e reduzem frota em 30% a partir de amanhã (03)

Viação Piracicabana - 115151
Por Rafael Martins

Em assembleia realizada hoje (02) no Conic, centro de Brasília, os rodoviários decidiram aprovar o indicativo de greve, e suspender as meias viagens nos horários de pico até o próximo domingo (09). De acordo com o Sindicato dos Rodoviários, cerca de 30% da frota deve ficar nas garagens.

Para os passageiros a redução da frota deve se agravar ainda mais por conta da redução de horários em 266 linhas devido as férias escolares. Neste cenário de queda de oferta de ônibus, os passageiros devem recorrer ao Metrô.

Entre as reivindicações dos trabalhadores estão 10% de reajuste salarial, 15% no tíquete alimentação, 25% de aumento no plano de saúde além da manutenção das cláusulas sociais.

A Associação das Empresas Brasilienses de Transporte Urbano de Passageiro (Transit) disse que a proposta é inviável; pois somando todas as reivindicações o reajuste é de 46%. Em números, isso significa um aumento de R$ 15 milhões por mês na conta das concessionárias, sendo impossível fazer uma contraproposta. Outro agravante é a dívida milionária que o GDF tem com as empresas de ônibus.

Diante do déficit nas contas, as concessionárias não estão conseguindo cumprir o pagamento dos salários em dia; recorrendo a empréstimos bancários a juros altos ou deixar outras contas pendentes para honrar o compromisso salarial com os rodoviários.

Para a direção do Sindicato dos Rodoviários, diante da conjuntura econômica em que o país se encontra, a expectativa é que as negociações desse ano sejam bastante difíceis.

O sistema de transporte coletivo por ônibus tem cerca de 12 mil rodoviários, que transportam mais de 1 milhão de passageiros por dia.

Todavia, a categoria fica em estado de greve para que o prazo de 72 horas de aviso seja respeitado caso decidam, em assembleia no próximo domingo (09), para uma possível deflagração de greve e paralisação dos serviços a partir de meia-noite da próxima segunda (10).