DF: Rodoviários que trabalham no Paranoá estão com medo da onda de assaltos

Por Rafael Martins

Os motoristas de ônibus estão trabalhando com medo na região do Paranoá. Isto porque segundo eles, quase todos os dias têm assalto nos ônibus. Além dos assaltos, os ônibus também viram abrigos para quem foge dos assaltantes.

Os moradores da cidade dizem que o problema é recorrente, e está cada vez pior. Os rodoviários revelam que a maioria assalta utilizando arma branca. "Eles entram no ônibus, pagam a passagem e passado uns 15 minutos anunciam o assalto", conta um rodoviário.

A PM garante que tem intensificado o policiamento nos ônibus, porém houve uma redução nos números se comparado ao mesmo período do ano passado. Entretanto a redução não significa uma melhora, mas sim porque muitas vítimas deixam de registrar a ocorrência.

Por nota ao DFTV, a Secretaria de Segurança Pública disse que a equipe responsável pelo Paranoá por quatro abordagens com revistas nos ônibus todos os dias.