DF: DFTrans determina troca do cartão Bilhete Único pelo Cartão Cidadão

Por Rafael Martins 

Desde a última segunda-feira (05) o DFTrans determinou que os portadores do bilhete único façam a troca para o Cartão Cidadão por medidas de segurança.

De acordo com o órgão, a partir de 1º de agosto os cartões do bilhete único serão bloqueados; porém deverão ser substituídos gratuitamente pelo cartão Cidadão, com CPF vinculado. 

Não há qualquer alteração para os usuários que possuem os cartões Estudantil (PLE), Especial (PNE), Cidadão ou Vale-Transporte.

Segurança

A medida está sendo tomada para dar mais segurança aos usuários, pois, quando o cartão conhecido por “Bilhete Único” quebra, é perdido ou roubado, os créditos não podem ser recuperados, pois não estão vinculados a nenhum nome ou CPF e o Cartão Cidadão possui a rastreabilidade por meio do cadastro do CPF, o que dá mais segurança aos usuários.

O DFTrans diz que a iniciativa também visa evitar fraudes no sistema, pois muitos cartões “Bilhete Único” são comercializados indevidamente e o fraudador não pode ser identificado também pelo fato de o cartão não ser nominal.

Onde fazer a troca:

- Postos do SBA/DFTrans da Galeria dos Estados, de Sobradinho e de Taguatinga, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h.

- Postos do BRT do Gama, de Santa Maria e do Park Way, de segunda a domingo, das 5h às 22h.

O DFTrans orienta o usuário a fazer a troca somente quando for recarregar o cartão.

Cartão Bilhete Único

O cartão foi lançado em março de 2015, quando começou a cobrança de tarifa no Expresso DF Sul. 

O Bilhete Único, não exige cadastro prévio e é encontrada em qualquer posto do Sistema de Bilhetagem Automática ou no BRB.

No entanto, por não necessitar de registro, se o perder, o usuário não consegue bloquear o cartão nem recuperar o saldo.