DF: Rodoviários confirmam greve a partir da madrugada desta quarta-feira

O Sindicato dos Rodoviários confirmou a greve de ônibus no Distrito Federal por tempo indeterminado a partir da madrugada desta quarta-feira (24/5). Segundo eles, quatro das cinco empresas que circulam no Distrito Federal ainda não depositaram o equivalente a 40% relativos ao adiantamento do salário de maio nem o auxílio alimentação dos rodoviários.

As regiões afetadas serão Samambaia, Recanto das Emas, Ceilândia, Gama, Núcleo Bandeirante, Santa Maria, São Sebastião, Paranoá e Riacho Fundo I e II, Taguatinga, Estrutural e Brazlândia. No Guará, algumas linhas da empresa Piracicabana, a única que pagou os funcionários, vão rodar. Já os trabalhadores da Marechal, da Urbi, da São José e da Pioneira vão aderir à paralisação.

De acordo com o Sindicato dos Rodoviários, a primeira parte do acordo, que consistia na liberação das cestas básicas, foi cumprida na segunda-feira (22), mas, até agora, apenas a empresa Piracicabana quitou a segunda parte do compromisso. 

Em nota, a Secretaria de Mobilidade informou que não foi comunicada oficialmente sobre essa possível paralisação e ressalta que todas as tratativas possíveis foram feitas para evitar a greve. O órgão também disse que, na última segunda-feira, foi feito um repasse de R$ 11 milhões para as empresas.

Fonte: Correio Braziliense