Anápolis: Obras dos corredores de ônibus será finalizada em outubro

Urban - 80136
Do alto do viaduto estaiado, em construção na Avenida Brasil – entre a Avenida Goiás e a Rua Barão do Rio Branco – dá para se ter uma noção da grandiosidade da obra e do impacto positivo que ela vai provocar em Anápolis. “No final de outubro, data prevista para a conclusão de todo o projeto de mobilidade, teremos uma nova realidade de trânsito em nossa cidade”, comemora o prefeito Roberto Naves, que na manhã da quarta-feira, 3 de maio, vistoriou o local, acompanhado por engenheiros, técnicos e a imprensa.

No momento, a Prefeitura de Anápolis finaliza o remanejamento das adutoras da Saneago, ação necessária para a continuidade das obras dos dois viadutos projetados para a via, entre as avenidas Goiás, Brasil e Rua Barão do Rio Branco, e entre a Brasil e Rua Amazílio Lino de Souza. “Conforme o cronograma que a Jofege [Pavimentação e Construção Ltda] nos apresentou, a previsão é que essa fase se encerre até o final de maio, quando o tráfego será normalizado no local e iniciaremos a construção das rampas de acesso”, detalha Roberto Naves.

Além dos viadutos e do remanejamento das adutoras, o prefeito lembra que o projeto de mobilidade urbana inclui outras importantes intervenções como o recapeamento e a recuperação da asfáltica nas principais avenidas de Anápolis e a instalação de 274 novas paradas de ônibus. “Trata-se, portanto, de um projeto muito importante, que pegamos da administração anterior já em andamento, que tinha esses problemas na Brasil sul, com as adutoras e com alguns documentos, mas que, felizmente, conseguimos resolver e vai ser fundamental para nossa cidade”, conclui Roberto Naves.

Engenheiro

Para Giovanni Lucena, engenheiro residente da Jofege, o alcance do projeto de mobilidade urbana vai bem além do que se pode observar na Avenida Brasil, já que contempla a restauração dos principais corredores de transporte de Anápolis. “Além da Brasil Sul e Norte, há as outras avenidas tronco: Universitária, São Francisco, JK, Kennedy, Fernando Costa e Pedro Ludovico”, elenca.

Esse trabalho pode ser traduzido na revitalização das vias e passa pela pavimentação, construção de calçadas acessíveis, de novas paradas de ônibus e ainda de uma nova iluminação na Avenida Brasil, além dos dois viadutos, na Avenida Goiás e na Amazílio Lino. “E estamos fazendo também a drenagem e as galerias de águas pluviais para solucionar os problemas de alagamentos durante os períodos de chuvas fortes. Tudo isso vai representar uma grande melhora no tráfego de veículos, já que na Brasil o principal fluxo vai passar por cima do viaduto e as vias abaixo serão usadas para acessos aos bairros e ao Centro”, finaliza Giovanni Lucena.

Interdição

Apesar de estar com os dias contados, as obras em andamento fazem com que o trânsito continue interditado na Avenida Brasil (sentido sul-norte), no trecho entre a Rua Amazílio Lino de Souza e a Rua 18 de Setembro. A previsão para concluir esse trabalho é de 90 dias. De acordo com a Companhia Municipal de Trânsito e Transporte (CMTT), o acesso está livre ao comércio.

Fonte: Prefeitura de Anápolis