Goiânia: Oficina discute mobilidade na Região Metropolitana de Goiânia

A Secima dá início nesta quinta-feira, em Trindade, à série de oficinas temáticas para discutir o Plano Desenvolvimento Integrado da Região Metropolitana de Goiânia (PDIRMG). Esta primeira oficina terá como tema a mobilidade na RMG e começará às 8 horas, no Hotel Liguori, que fica na Avenida Raimundo de Aquino, 1000, Vila João Braz. Para participar, é necessário fazer inscrição pelo site www.doity.com.br/oficina-pdirmg-trindade-plano-de-desenvolvimento-integrado-da-regiao-metropolitana-de-goiania

As oficinas do PDIRMG serão realizadas nos 20 municípios que compõem a Região Metropolitana de Goiânia. O objetivo é de discutir e consolidar a convergência entre os municípios envolvidos no processo para a aplicação das diretrizes na rede de transporte coletivo, mobilidade, abastecimento de água, conforto ambiental e técnico, além da otimização de serviços sociais gerando uma melhoria na qualidade de vida do cidadão da RMG.

O Plano de Desenvolvimento Integrado da Região Metropolitana de Goiânia está sendo coordenado pela Secima e pela Universidade Federal de Goiás (UFG). O principal objetivo é a implantação da Região Metropolitana, adaptando a legislação estadual ao novo Estatuto da Metrópole, Lei 13.089, de 12 de janeiro de 2015, que busca solucionar os gargalos hoje existentes, além de proporcionar maior autonomia na implementação das funções públicas de interesse comum aos municípios que compõem a RMG.

A Região Metropolitana de Goiânia foi criada pela Lei Complementar nº 27 de 30/12/1999, e é composta por 20 municípios: Abadia de Goiás, Aparecida de Goiânia, Aragoiânia, Bela vista de Goiânia, Bonfinópolis, Brazabrantes, Caldazinha, Catruaí, Goianápolis, Goiânia, Goianira, Guapó, Hidrolândia, Inhumas, Nerópolis, Nova Veneza, Santo Antônio de Goiás, Senador Canedo, Terezópolis de Goiás, Trindade.

O evento desta quinta-feira contará com a apresentação do Plano Urbanístico Básico do Município de Trindade, apresentação do Plano de Desenvolvimento Integrado (PDIRMG) e pelas oficinas temáticas para discussão e levantamento de demandas.

Fonte: SECIMA