Goiânia: Instalada a CEI do Transporte Coletivo

Foi instalada hoje (23) a Comissão Especial de Inquérito do Transporte Coletivo numa reunião presidida por Anselmo Pereira (PSDB). Os membros da comissão elegeram por unanimidade o vereador Clécio Alves (PMDB), autor do requerimento, como presidente. A vice-presidência ficou com o vereador Paulo Daher (DEM) e a relatoria com Anselmo Pereira (PSDB), que ganhou a função após votação apertada entre ele e os colegas Sargento Novandir (PTN) e Alysson Lima (PRB).

A CEI tem como tema “apurar os fatos relativos ao transporte coletivo da capital: péssima qualidade dos serviços; quantidade de veículos incompatível com a demanda da população usuária; negligência com a assistência aos usuários nos terminais”. A CEI terá, a partir de hoje, 60 dias para investigar as denúncias apresentadas.

Clécio Alves adiantou que pretende “envolver todas as câmaras municipais da região metropolitana, os usuários e as entidades classistas” e que pretende discutir de “forma responsável, sem bandeira política ou partidária”.

Ele contou que há 45 dias está usando o transporte público em Goiânia e observou que as empresas, mesmo dizendo que estão quebradas, oferecem um serviço “horroroso”, de péssima qualidade, apesar de “receberem do usuário antes de prestar o serviço, pois ninguém anda de ônibus se não pagar antes”.

Já o relator Anselmo defendeu que “o transporte de massas é um serviço que precisa ser subsidiado pelo poder público e que a renda dos parquímetros, por exemplo, pode ser revertida para cobrir as despesas de empresas que estão quebrando”.

O relator elogiou a escolha de Clécio para presidir a comissão, já que ele é o representante do poder Legislativo na Câmara Deliberativa do Transporte Coletivo (CDTC).

Os vereadores Alysson Lima, Sargento Novandir, Emilson Pereira e Paulo Daher questionaram, em plenário, a forma como a eleição da relatoria ocorreu. Os quatro parlamentares afirmaram que vão apresentar requerimento pedindo anulação do pleito, e apontaram uma série de problemas que consideram irregulares.

A CEI do Transporte tem como componentes:

1) Bloco Pró-Goiânia: Vinícius Cirqueira (titular) e Sabrina Garcêz (suplente)

2) Bloco Frente Independente: Anselmo Pereira e Sargento Novandir (titulares) e Paulo Magalhães (suplente)

3) Bloco Por uma Goiânia Melhor: Paulo Daher e GCM Romário Policarpo (titulares) e Emilson Pereira (suplente)

4) Bloco Juntos por Goiânia: Alysson Lima (titular) e Juarez Lopes (suplente)

5) Bancada partidária: Clécio Alves (PMDB)

Fonte: Câmara Municipal de Goiânia