Goiânia: Ainda não há data para reajuste da passagem de ônibus, diz CMTC

Após a divulgação de uma matéria do O Popular sobre um cálculo do reajuste da tarifa do transporte público em Goiânia e Região Metropolitana, a Companhia Metropolitana de Transporte Coletivo divulgou nota informando que ainda não tem data para reajustar o valor da passagem.

“O reajusta da tarifa do transporte coletivo na Região Metropolitana de Goiânia acontece anualmente conforme previsto nos contratos de concessão do serviço. Os estudos técnicos para o reajuste da tarifa ainda não foram iniciados na CMTC”, diz nota.

Segundo a assessoria de imprensa da Companhia, o reajuste ocorre a partir de um cálculo, previsto no contrato de concessão, que considera os índices inflacionários, a variação do valor do óleo diesel, o salário dos motoristas, o preço das peças dos veículos (Coluna 36 FGV) e a variação do número de passageiros por quilômetro.

Referente à matéria do O Popular, a assessoria da CMTC informou que “o cálculo foi feito em base de especulações e que não responderia por especulações”.

De acordo com a matéria veiculada, o valor da tarifa do transporte coletivo teria um reajuste de 8,55%, subindo de R$ 3,70 para R$4. “Mesmo sem uma conta oficial, há um consenso entre os envolvidos no sistema de que o valor a ser cobrado ainda neste ano é este de 4 reais”, diz a matéria.

Fonte: Diário de Goiás