DF: Ônibus da Cootarde são incendiados em Samambaia e Ceilândia na madrugada

A madrugada deste sábado (4) registrou incêndios em vários microônibus da Cooperativa Cootarde. O primeiro ataque ocorreu no Parque Leão, próximo ao viaduto da Samambaia, na BR-060, à 1h, atingindo dez veículos. Quase ao mesmo tempo, no Condomínio Privê Lucena Roriz, em Ceilândia, outro coletivo foi incendiado.

No espaço do Parque Leão, usado pela Cooperativa Cootarde para colocar 28 novos microônibus da empresa, destinados aos usuários do transporte público do DF, foram queimados dez coletivos. O Corpo de Bombeiros foi acionado e isolou a área, conseguindo controlar as chamas em um grupo menor de veículos.

No total, o fogo destruiu oito microônibus e queimou parcialmente outros dois coletivos. Para que o incêndio não se alastrasse foram deslocadas diversas viaturas, para fazer o combate que durou cerca de 1h40, com cinco carros de água, quatro de apoio e 46 homens, sendo utilizados aproximadamente 12 mil litros de água e 250 litros de extrato de espuma. Não houve vítimas.

No local, o diretor financeiro da Cooperativa Cootarde, Israel Bezerra de Souza, acompanhou o trabalho dos bombeiros e a perícia foi acionada para a investigação das causas, que serão apontadas em até 30 dias.

Outro incêndio em Ceilândia

Em Ceilândia, o microônibus da Cootarde que pegou fogo estava parado na porta da casa do motorista Leonilson de Alencar da Mata, de 48 anos, na Rua 07 Módulo 19 Casa 14, no Condomínio Privê Lucena Roriz, em Ceilândia. Mesmo com uma ação rápida dos bombeiros, o coletivo ficou completamente destruído.

Fonte: Jornal de Brasília