DF: GDF reforça que modernização da bilhetagem eletrônica sairá ainda em 2017

Com o intuito de reafirmar o compromisso do governo de Brasília com os projetos de interesse da população, dirigentes de secretarias, autarquias e empresas públicas assinaram nesta segunda-feira (13) as metas prioritárias de cada pasta para 2017. São 26 acordos de resultados, em que se detalham as iniciativas mais importantes a serem desenvolvidas ou continuadas durante o ano.

O acompanhamento por meio dos acordos de resultados permite que os objetivos sejam alcançados no prazo. “Com o monitoramento, podemos identificar a tempo qualquer problema, para que possamos resolver pendências e para que as entregas sejam feitas à população de Brasília”, destacou o governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg. Segundo ele, são mais de 400 projetos monitorados em todo o governo.

Veja os focos de ações no transporte público

O Bilhete Único é a medida mais importante prevista para 2017 na área de transporte público. O objetivo é que os passageiros utilizem a integração de forma semelhante à que ocorre atualmente com o Cartão Cidadão. A novidade é que, em 2017, o bilhete poderá ser adquirido com mais facilidade — em padarias e farmácias, por exemplo — e recarregado pela internet.

Também está prevista para este ano uma série de melhorias para modernizar as estações da Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF), como a instalação de terminais de autoatendimento e de painéis digitais com o horário de chegada dos trens. A Estação Guariroba receberá placas fotovoltaicas, que convertem a luz solar em energia elétrica, para tornar a unidade totalmente sustentável.

Além disso, avançam as obras do Trevo de Triagem Norte, um dos projetos para distribuir o fluxo de veículos com destino ao Plano Piloto e desafogar o trânsito do Distrito Federal. O viaduto próximo ao Eixo Leste já foi completamente executado e há outros dois em construção — um perto do Eixo Oeste e o terceiro no Setor Médico-Hospitalar Norte.

Serão dez obras no Trevo de Triagem Norte, entre pontes, viadutos e túneis. Somadas às passagens previstas na Ligação Torto-Colorado — construção de uma pista marginal à DF-003 e de novos acessos aos condomínios —, são 23 intervenções. A previsão é que as obras sejam concluídas em 2018.

Fonte: Agência Brasília