DF: Moradores do Núcleo Bandeirante recebem terminal reformado

Após passar por reforma, o terminal rodoviário do Núcleo Bandeirante foi entregue à população nesta terça-feira (31) de manhã. Entre as melhorias no espaço — que fica na 3ª Avenida, em frente à Área Especial 7 — houve intervenções nos banheiros e em aspectos de acessibilidade, além da recuperação do piso e do teto. A Secretaria de Mobilidade estima que cerca de 12 mil pessoas serão beneficiadas.

As mudanças fazem parte do Circula Brasília, “um conjunto grande de ações que integram nosso plano de mobilidade urbana”, disse o secretário Fábio Damasceno em referência ao programa lançado em maio de 2016. “Foram comprados 180 ônibus novos, criadas 40 novas linhas, entregues 15 terminais e há mais dois por vir [Samambaia Sul e Planaltina] e feitas cerca de 800 alterações de linhas e itinerários”, enumerou.

Presente na reinauguração, o secretário das Cidades, Marcos Dantas, destacou que “a nova estrutura vai garantir mais conforto ao passageiro e ao trabalhador”. As reformas custaram R$ 991.063,25, recursos de empréstimo do governo local com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Com 750 metros quadrados, o terminal tem seis plataformas, 22 vagas de estocagem, 12 salas administrativas, duas salas comerciais, lanchonete e paraciclos (suporte para bicicletas). No estacionamento, são 14 vagas para veículos particulares. As empresas de ônibus e as cooperativas de transporte vão operar 17 linhas com 51 carros.

Durante a cerimônia de entrega do terminal, pouco mais de cem trabalhadores (segundo a Polícia Militar) da cooperativa Cootarde organizaram um protesto para reivindicar o pagamento de salários atrasados. O secretário de Mobilidade afirmou que o governo de Brasília tem feito o repasse. “Começamos a conversar com a Justiça do Trabalho para que os responsáveis sejam acionados e cumpram o compromisso com os trabalhadores”, ressaltou Damasceno.

Inaugurações e reformas de outros terminais rodoviários em Brasília

Em janeiro também foi inaugurado o terminal de Samambaia Norte. No ano passado, receberam estações novas ou reformadas os moradores do P Sul, do Guará I e do Guará II, do Paranoá, do Recanto das Emas (duas estações), do Cruzeiro, de Taguatinga Sul e da M Norte, também em Taguatinga. Em 2015, foram quatro inaugurações: Ceilândia, Gama, Riacho Fundo II e Sobradinho II.

Informações sobre linhas e itinerários de ônibus podem ser encontradas no sistema de busca do Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans).

Fonte: Agência Brasília