DF: GDF habilita empresa indiciada na CPI do Transporte

A empresa Logit, que fez todos os levantamentos de dados para a elaboração do edital de licitação dos ônibus, em 2011, foi habilitada ontem pelo Metrô para fazer estudos para a companhia. A consultoria prestada pela Logit na reestruturação do sistema público de transporte, há cinco anos, foi questionada em ações de improbidade e penal, movidas contra ex-dirigentes da Secretaria de Transportes e de empresas envolvidas na concorrência pública. 

O Metrô habilitou a Logit para elaborar estudos sobre a demanda na área central de Brasília, para análise de projetos metroferroviários. Segundo relatório final da CPI do Transporte, a Logit, foi “responsável pelo levantamento dos dados destinados à modelagem do sistema, assumindo integral responsabilidade pela inexatidão dos dados, o que denota favorecimento a um lote específico da licitação”.

Fonte: CB.Poder/Correio Braziliense