DF: Distritais contribuem para a farra do passe livre

Apesar do quadro de desequilíbrio do sistema de transportes, a Câmara Legislativa contribuiu para agravar a situação nos últimos anos. Distritais já apresentaram pelo menos 59 projetos de lei que ampliam de forma indiscriminada as gratuidades.

Foram inúmeras tentativas de agradar ao eleitorado, sem se preocupar com as finanças públicas. Há propostas que garantem passe livre a categorias como policiais militares, bombeiros, vigilantes, atletas, portadores de doenças como câncer, HIV, anemias, acompanhantes de pacientes internados em UTI ou para epiléticos e gestantes.

Distritais propuseram ainda passagens grátis em dias de campanha de vacinação, em datas com eleições, para pais de crianças matriculadas em creches e até para alunos de cursos de línguas. Ontem, entrou em vigor uma lei de autoria de Israel Batista (PV), que prevê passe livre para estudantes de cursinhos pré-vestibular.

Fonte: CB.Poder/Correio Braziliense