DF: Aumento de passagens dispensou o GDF de negociação com a Câmara Legislativa

A decisão de aumentar o preço das passagens de ônibus e metrô gerou controvérsias na equipe do governador Rodrigo Rollemberg. Integrantes da equipe econômica e da governança defendiam que, em vez de reajustar a tarifa, o GDF deveria mudar os critérios do passe livre. É unânime dentro do Palácio do Buriti o entendimento de que a legislação do Distrito Federal é injusta, do ponto de vista social, e onera os mais pobres. 

Mas o governador resistiu à ideia de mudar a lei do passe livre porque precisaria submeter a iniciativa à Câmara Legislativa, com grandes chances de sofrer uma derrota. Técnicos mostraram ao governador números que comprovam a insustentabilidade financeira do sistema de transporte. Para aumentar o valor das passagens, Rollemberg não precisava negociar com a Câmara, e assim ele optou por essa saída.

Fonte: CB.Poder/Correio Braziliense