DF: Concessionárias terão que informar localização de ônibus em tempo real

Até o fim de 2017, as empresas que prestam serviço de transporte público coletivo no Distrito Federal terão que desenvolver um sistema digital que informe usuários sobre as condições, em tempo real, dos veículos e linhas. A lei que estabelece a norma foi publicada na terça-feira (27/12) no Diário Oficial do DF.

Segundo a norma, as companhias têm um ano para criar o sistema, incluindo aplicativos para celular e tablets, que informe de forma gratuita localização, itinerário detalhado, atrasos, acessibilidade do veículo, previsão de horário em cada parada da linha, entre outros dados para que os usuários do transporte coletivo possam usar de forma mais eficiente o serviço.


A Secretaria de Mobilidade avalia que a medida é um avanço e estava prevista no programa Circula Brasília, lançado em maio deste ano pelo governo. Em nota, a pasta informou que “está em tratativas com as operadoras para que os equipamentos sejam integrados ao Centro de Operações do DFTrans, assim que for implementado”.

De acordo com a secretaria, “a implementação do rastreamento em tempo real dos ônibus, bem como a divulgação de informações aos usuários sobre os horários das linhas, além da adoção do sistema de videomonitoramento e wi-fi trará maior segurança, credibilidade e conforto e comodidade à população.”

A secretaria destaca, ainda, que é importante salientar que parte da frota que compõe o Sistema de Transporte Público Coletivo do DF (STPC) já possui GPS e câmeras. No entanto, a tecnologia está sendo utilizada apenas na operação interna das empresas.

Fonte: Portal Metrópoles