Goiânia: Ministério Público avalia implantação do Sitpass Expresso

O Ministério Público do Estado de Goiás declarou nesta quinta-feira (10) que irá acompanhar o processo de implantação do Sitpass Expresso, com o custo de R$ 5,50. De acordo com o Órgão a implantação da medida não apresenta irregularidades e o usuário do transporte coletivo será reembolsado com o valor de R$ 1,80, diferença do preço atual da passagem que é de R$ 3,70.

O órgão explica que caso sejam cometidos excessos ou a implantação do Sitpass prejudique o usuário, irá intervir no processo.

Cartão

O Cartão Sitpass Expresso que será vendido pelos motoristas de ônibus, no valor de R$ 5,50 tem como objetivo desocupar a frente do transporte. Ele poderá ser adquirido dentro do veículo no momento do embarque.

As empresas alegam reembolsar estes usuário em qualquer terminal ou pontos de venda de Sitpass diante da devolução do cartão. A medida é considerada legal e ainda está em fase de teste.

Fonte: Diário de Goiás