DF: Brasília terá 17 terminais novos ou reformados até o início do ano que vem

O Distrito Federal ganhou, desde o ano passado, dez terminais de ônibus — novos ou reformados — em oito regiões administrativas de Brasília. Outros cinco serão inaugurados ainda em 2016 e mais dois até o início de 2017. Com as novidades, mais de 720 mil pessoas serão beneficiadas.

Os terminais (oito construídos e nove reformados) têm a arquitetura bem diferente da anterior, com soluções que garantem acessibilidade. “Os espaços estão mais seguros, há mais facilidade no embarque e desembarque e na regulação das viagens”, detalha o secretário de Mobilidade, Fábio Ney Damasceno, ao acrescentar que os motoristas e cobradores também foram priorizados. “O prestador de serviço ganha qualidade no trabalho, e isso ajuda a melhorar o que está sendo ofertado à população.”

Para o secretário, que tomou posse na sexta-feira (16), as novas plataformas influem no desenvolvimento da região. “O terminal gera empregos, influencia na melhoria do comércio à volta e facilita a integração entre as regiões administrativas.” Nos locais, há lanchonete, banheiro com acessibilidade e paraciclos.

Neste ano, as estruturas foram entregues no Cruzeiro, no Guará I e no Guará II, no Paranoá e no Recanto das Emas (dois). Em 2015, foram inaugurados os de Ceilândia, do Gama, do Riacho Fundo II e de Sobradinho II. Neste ano, serão os de Ceilândia, Taguatinga (M Norte), Taguatinga Sul, Samambaia e Samambaia Sul. No início de 2017, Núcleo Bandeirante e Planaltina.

Mapeamento para definir próximos terminais

De acordo com Damasceno, a Secretaria de Mobilidade e o Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans) começaram a fazer um levantamento georreferenciado da situação de todos os terminais no Distrito Federal. A medida possibilitará ao governo definir quais os próximos espaços que passarão por obras. Por enquanto, de acordo com ele, há áreas como Itapoã, Sobradinho II e Asa Norte entre as prioritárias.


O mapeamento apontará, por exemplo, há quanto tempo cada lugar não passa por reforma e o número de baias construídas. “Muitos dos terminais reformados agora não recebiam reparos há décadas”, diz, ao citar a plataforma de Planaltina, cujas obras começaram em 13 de julho deste ano.

Segundo o secretário, o projeto para as próximas intervenções deve ficar pronto até o fim deste ano.

Quatro estações do Expresso Sul devem começar a operar nos próximos meses

Outra medida para melhorar o transporte público em Brasília é a abertura, nos próximos meses, de quatro estações do Expresso Sul que nunca operaram (Estação Granja do Ipê, Estação Vargem Bonita, Estação Catetinho e Estação SMPW Q. 26). Previstas no projeto, elas estão prontas e ficam na parte Sul da Estrada Parque Indústria e Abastecimento (Epia).

Fonte: Agência Brasília