Goiânia: Empresas de ônibus aceitam proposta e greve dos motoristas é cancelada

Por Rafael Martins

A greve dos motoristas de ônibus programada para esta semana na região metropolitana foi cancelada. Em audiência no TRT, SET e empresas de ônibus aceitaram a proposta do Sindittransporte de reajuste salarial de 11,08%, e mais 20% no ticket alimentação, retroativo a Julho deste ano.

A sinalização de solução para esse impasse deu-se ontem no TRT. Nas negociações, inicialmente os motoristas defenderam reajuste salarial de 11,08% e 20% nos tíquetes-alimentação, retroativo a março deste ano. 

O presidente do SET, Décio Caetano, reafirmou a posição das empresas que exploram o transporte coletivo na capital – reajuste de 5,5% retroativo a março, contemplando salários e gratificações como o vale-refeição. Diante do impasse, os motoristas apresentaram contraproposta de manter o reajuste de 11,08% e 20% no vale-alimentação, porém retroagindo a julho.