DF: Terminais em Samambaia, somente no fim do ano

Iniciada as obras em 2014, os novos terminais de ônibus da Samambaia Norte, ao lado da DF-180, e Samambaia Sul, ao lado da BR-060, têm trazido boas expectativas para o brasiliense que precisa pegar o transporte público diariamente. Mas, ambos ainda não estão prontos. As estações rodoviárias deveriam ter ficado prontas no primeiro semestre deste ano, porém, de acordo com a Secretaria de Mobilidade, o cronograma de execução da obra foi ajustado para atender algumas normas que entraram em vigor após o procedimento licitatório, tais como: novas exigências para prevenção de incêndio, acessibilidade e captação de águas pluviais. A nova promessa é para o fim do ano.

O morador de Samambaia Norte, Saturnino Júnior, 30 anos, afirma que o local ainda sofre com a falta de iluminação e policiais. “Acredito que quando esses problemas forem resolvidos, o terminal será muito útil. Existe um terminal no fim da Samambaia que é o antigo, esse não dá estrutura adequada aos rodoviários”. A moradora do setor, Maria Rozana, pede urgência para que o terminal funcione o mais breve. “Temos que andar demais para chegar nos pontos de ônibus, correndo o risco de assaltos”, declara.

O terminal de Samambaia Sul tem custo de R$ 6.523.980,57 e o de Samambaia Norte custará cerca de R$ 5.484.800,46.

Outros terminais inaugurados em Brasília

Desde 2015, oito estações foram entregues por meio do Programa de Transporte Urbano (PTU), que faz parte do Circula Brasília. São seis novos terminais (Ceilândia, Gama, Riacho Fundo II, Sobradinho II e dois no Recanto das Emas) e dois reformados (Guará II e Paranoá). O de Planaltina teve a melhoria iniciada.

Outros reparos continuam a ser feitos em plataformas de Ceilândia (P Sul), do Cruzeiro Novo, do Núcleo Bandeirante, de Planaltina, de Taguatinga (Setor M Norte) e de Taguatinga Sul.

Fonte: Jornal Alô Brasília