DF: Tarifa das linhas especiais de transporte, em dias de jogos da Olimpíada, será de R$ 2,25

A tarifa das três linhas de ônibus exclusivas para os dias de jogos de futebol olímpico, no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha, será de R$ 2,25. Para os passageiros da rede integrada de transporte público com o Metrô, o valor será de R$ 4. A operação especial de transporte valerá de três horas antes do início das partidas a até duas horas após o término. As viagens ocorrerão com intervalos de 5 a 15 minutos, a depender da necessidade. A quantidade de veículos usados em cada um dos pontos também vai variar conforme o número de passageiros.

Como o trânsito estará isolado no perímetro de segurança, os torcedores devem se programar para chegar ao estádio. Quem for de carro tem a opção de usar as vagas dos estacionamentos 1 a 12 do Parque da Cidade — o de número 12 será exclusivo para pessoas com deficiência.

O fluxo da pista do parque será alterado em dias de jogos. Os carros comuns vão ter três faixas disponíveis e terão de circular em sentido único anti-horário. A quarta faixa estará reservada para a linha especial 109.2, que fará o sentido horário. O ônibus percorrerá todos os estacionamentos da unidade e fará o desembarque no de número 13, a 800 metros do estádio. A linha será operada pela empresa Piracicabana e contará com 22 veículos.

Há também a possibilidade de parar o carro na plataforma superior da Rodoviária do Plano Piloto. Da plataforma F do terminal partirá a linha 109.7. Ela seguirá até a Funarte, sem paradas intermediárias. A linha também é operada pela empresa Piracicabana e contará com 20 veículos. Da Funarte ao estádio são 500 metros de distância. Toda a Via N1 estará interditada e, por isso, os ônibus seguirão por uma das faixas da Via S1. As linhas convencionais que usam a plataforma F serão transferidas para a superior.

O estacionamento do depósito do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF), atrás do Autódromo Internacional Nelson Piquet, será exclusivo para pessoas com mobilidade reduzida. A linha 109.0 percorrerá a pista entre o autódromo e as Quadras 900 Norte. Ela será operada pela Sociedade de Transportes Coletivos de Brasília (TCB) e contará com quatro veículos adaptados. O desembarque será feito no Portão D do Mané Garrincha. A viagem de volta segue o trajeto do Portão D ao depósito do Detran.

Fonte: Agência Brasília