DF: Funcionários da Viação Marechal paralisam atividades por quase quatro horas

Os usuários do transporte público do Distrito Federal precisam mesmo ter muita paciência. Nesta segunda-feira (15), durante quase quatro horas, os funcionários da Viação Marechal cruzaram os braços. A empresa é responsável por atender a bacia 4 do DF, com linhas em parte de Taguatinga e do Park Way, Ceilândia, Guará e Águas Claras.

Os colaboradores ficaram parados das 10h até as 13h30. O motivo seriam as alterações nos horários e nos locais de trabalho das novas escalas entregues na última sexta sem comunicado prévio. Segundo o Sindicato dos Rodoviários, toda mudança relacionada à escala do trabalhador deve ser comunicada com pelo menos 15 dias de antecedência para que o funcionário se adeque à nova jornada de trabalho.

“Os funcionários têm outras atividades durante o dia. Por vezes precisam levar ou buscar um filho na escola e uma mudança repentina interfere diretamente na vida pessoal deles”, afirmou o vice-presidente do sindicato, João de Deus.

A Viação Marechal conta com 2,4 mil funcionários. A modificação nos turnos e locais de trabalho afetaria aproximadamente mil deles. João de Deus ressaltou que a ausência do serviço não teve grande reflexo para os passageiros.

“Quando os trabalhadores resolveram cruzar os braços, muitos carros estavam em trânsito. As três horas e meia em que a paralisação ocorreu não foram suficientes para prejudicar o transporte”, disse.

Após a intervenção do sindicato, a Viação Marechal atendeu a reivindicação dos funcionários. De acordo com o vice-diretor, a empresa se comprometeu a realizar os ajustes e disponibilizar o novo documento até o fim desta semana.

A empresa Marechal confirmou a paralisação, entretanto disse que não irá se pronunciar em relação às negociações com o sindicato. Os colaboradores deixaram registrado que, caso não seja resolvida a questão, novas paralisações podem ocorrer.

Fonte: Jornal de Brasília