Goiânia: Após articulação do MP, CMTC garante que tempo de espera em linhas da Região Noroeste será reduzido

Em reunião realizada nesta quinta-feira (12/5), no edifício-sede do Ministério Público de Goiás, representantes da CMTC garantiram que, a partir do dia 25 deste mês, serão implementadas alterações nas linhas que atendem os bairros da Região Noroeste de Goiânia, entre elas o acréscimo do número de viagens, que ocasionará a redução do tempo de espera nas linhas alimentadoras em até 10 minutos.

De acordo com o gerente de Planejamento e Transporte da Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos (CMTC), Spiro Katapodis, a periodicidade dos ônibus alimentadores, que fazem o trajeto dos bairros ao Terminal Padre Pelágio, terá uma redução de espera de 30 para 20 minutos. Esta melhoria deverá possibilitar que o tempo de espera para a integração com o Eixo Anhanguera ocorra em um tempo máximo de 5 minutos.

O encontro, promovido pela promotora Maria Cristina de Miranda, da Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor, buscou definir as tratativas iniciadas em encontros anteriores entre o Ministério Público, a CMTC e o representante da Associação dos Moradores e Amigos do Conjunto Primavera, Wilson Pereira Júnior. A necessidade de melhoria do transporte coletivo da região foi apresentada ao MP pela associação, que reclamou não somente da falta de ônibus, mas também sobre os itinerários, que não atendiam às demandas dos moradores.

Em tratativas com a CMTC, a promotora cobrou uma solução consensual, que foi apresentada durante a reunião para apreciação do MP e do representante dos moradores do bairro.

Entre as alterações, aprovadas durante o encontro, está a modificação do número e do nome das linhas alimentadoras que fazem os trajetos no entrepico (horários de menos movimento). A modificação ajudará o usuário a identificar as linhas que são de circulação nos bairros e aquelas que chegam ao terminal.

Para atender os horários de pico, foram mantidas as linhas já existentes, com o aumento do número de viagens. Além disso, as linhas alimentadoras farão trajetos interbairros, interligando, no total, nove bairros da Região Noroeste: Conjunto Primavera, Residencial Triunfo I, II e III, Setor Palmares, Arcos do Triunfo, Florença I, São Bernardo e Paineiras. Estas linhas interbairros serão gratuitas no período entrepico.

Por fim, os bairros Florença II, Recanto Sonhado e parte do Jardim das Margaridas passarão a contar com o atendimento do transporte coletivo, abrangendo, portanto, setores dos municípios de Goiânia, Goianira e Trindade.

Para que os moradores desses bairros sejam comunicados da alteração, a CMTC comprometeu-se a repassar a representantes dos moradores informativos impressos com mapa contendo o itinerário das linhas e a escala de horários. A comunicação deverá ser feita a partir do dia 20.

Segundo avaliou a promotora Maria Cristina, haverá benefícios para a população, especialmente pela melhoria na agilidade do serviço de integração dos bairros, a possibilidade de usufruir da gratuidade das alimentadoras, assim como de melhoria da conexão com o Eixo Anhanguera, que tem tarifa subsidiada.

Fonte: MPGO