DF: Túnel cortará Taguatinga Centro

Um antigo problema dos moradores de Ceilândia, Taguatinga e Samambaia que seguem para o Plano Piloto está com os seus dias contados. O túnel de Taguatinga, promessa de vários governadores do Distrito Federal, já tem data para ficar pronto: 2018. Essa é a expectativa da atual gestão. A obra faz parte do projeto do Corredor Eixo-Oeste e terá 38,7 km de extensão ligando o Sol Nascente ao Plano Piloto. O objetivo é aumentar a fluidez no trânsito e acabar com os engarrafamentos para quem vai ou volta pela Estrada Parque Taguatinga (EPTG).

Pelo projeto, os carros que estão na Avenida Elmo Serejo, mais conhecida como Via Estádio, mergulharão por um túnel e já sairão na Estrada Parque Taguatinga (EPTG). Quem chega a Taguatinga pela EPTG também trafegará pelo túnel até o início da Via Estádio, logo após o viaduto da Avenida Samdu. Isso evitará a retenção de veículos nos semáforos do centro de Taguatinga. Vias marginais darão acesso às avenidas Comercial e Samdu.

O túnel terá 830 metros de extensão e vai contar com duas pistas paralelas, cada uma com três faixas de rolagem em cada sentido.

Segundo a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Serviços Públicos (Sinesp), a licitação das obras está concluída e o contrato, assinado no mês passado. Desde então, as empresas que compõem o consórcio começaram a trabalhar na elaboração do Projeto Executivo, que trará todos os detalhes da obra, como cronograma e plano de execução. “O prazo para conclusão dessa etapa é de cinco meses. Só a partir da finalização do projeto executivo, será possível dar início efetivo às obras”, informou em nota.

O valor aproximado do contrato é de R$ 200 milhões e a previsão é de que a obra seja concluída em 24 meses.

Fonte: Da redação do Alô Brasília