Goiânia: Eixo Anhanguera é opção mais ágil para o Centro durante a passagem da tocha olímpica

Com o objetivo de reduzir ao máximo o impacto do evento aos cidadãos, as equipes da Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos (CMTC) e da Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade (SMT) organizaram os mapas das intervenções no trânsito.

Goiânia será a primeira capital brasileira a receber a comitiva que transporta o símbolo das olimpíadas, onde o fogo fará um percurso de 20 quilômetros em ruas e avenidas da região central. O início do revezamento será na Praça do Trabalhador, em frente à Câmara Municipal, e o final na Praça Cívica, onde ocorrerá o City Celebration, com atrações culturais e atividades esportivas e promocionais.

No período do percurso do fogo olímpico, das 16h às 20h, apenas o Eixo Anhanguera não terá mudanças no atendimento. Não haverá alterações no trânsito ao longo da Avenida Anhanguera e o Eixo será a opção mais ágil para os usuários seguirem aos seus destinos, fazendo integração nos terminais Praça da Bíblia, Praça A e Dergo.

Os ônibus convencionais vão manter a circulação, mas devido aos fechamentos e desvios nas principais ruas e avenidas dos bairros da região central, haverá atrasos na operação, que devem impactar toda a rede metropolitana. A previsão é de que a operação das demais linhas volte ao normal a partir das 21 horas.

Fonte: Prefeitura de Goiânia