Goiânia: Projeto Eixo Mais Seguro apresenta relatório positivo de ações

O comando da Guarda Civil Metropolitana (GCM) recebeu na manhã de hoje, 04, o relatório das atividades realizadas no projeto “Eixo Mais Seguro” durante os meses de janeiro e fevereiro. O objetivo deste documento, apresentado pelo coordenador do projeto, Ubiratan Rodrigues, é fazer uma análise dos trabalhos dentro das plataformas do Eixo Anhanguera no combate à criminalidade e à violência urbana.

Segundo o comandante da GCM, Elton Magalhães, esta é mais uma ação proposta pela administração do município para auxiliar o Governo Estadual na segurança pública de Goiânia. “Este projeto foi criado no intuito de colaborar com a Polícia Militar no combate aos índices de criminalidade dentro dos terminais e plataformas do Eixo Anhanguera, além de trazer a sensação de segurança aos usuários”, explica.

De acordo com os dados levantados nos primeiros dois primeiros meses deste ano, foram realizadas pela GCM 1.039 abordagens; 612 rondas dentro dos terminais, 57 apoios recebidos de regionais em viaturas, 49 prisões/apreensões, 18 armas apreendidas (facas, revólveres e munições), e sete veículos foram recuperados.

Maria das Dores da Silva, vendedora de salgados no Terminal Padre Pelágio, afirma que a presença dos guardas civis no local já trouxe resultados positivos: “A violência era imensa aqui, principalmente no final da tarde, mas com a chegada da Guarda Civil, os marginais saíram daqui. Espero que este trabalho continue por muito tempo e se puder, nem acabe, pois precisamos deste apoio para trabalhar aqui”.

Participam do projeto cerca de 80 guardas civis que foram qualificados pelo Centro de Formação da corporação com cursos de Abordagem Policial, Policiamento Comunitário, Uso Progressivo da Força e Prática Operacional (aulas práticas), totalizando 40 horas/aula.

Fonte: Prefeitura de Goiânia