DF: TJDFT suspende licitação do transporte público

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) suspendeu os contratos da licitação do transporte público no DF. A decisão afeta a Viação Piracicabana, a Viação Pioneira, a Auto Viação Marechal, a Expresso São José e o consórcio formado pela HP Transportes Coletivos e a Ita Empresa de Transportes.

A ação pública, em vigor desde 2013, apontou irregularidades na concorrência do transporte público no DF e foi acatada nesta segunda (25). O magistrado estipulou um prazo de 180 dias para a realização de nova licitação.

Fonte: Da redação do Jornal de Brasília