Goiânia: População reconhece importância da PM nos Terminais do Eixo

A população que antes reclamava da carência no quantitativo de policia agora já sente os efeitos positivos da presença dos policiais na "Ação Terminal Seguro", que está ativa desde quinta-feira (06/08) em todas as plataformas e Terminais do Eixo Anhanguera.

Fomos conversar com usuários do transporte, funcionários da Metrobus atuantes nos Terminais e também com a Polícia Militar na tarde desta segunda-feira (10/08) para saber como estavam se sentindo com relação à Ação.

Ronilson Souza, 27 anos, gerente de farmácia, termina sua rotina de trabalho às 01h da manhã. É necessário usar o "Corujão" - nome dado ao serviço de transporte que funciona durante a madrugada - ao voltar para casa. Até quarta-feira lembra o clima era de medo e insegurança.

"Principalmente para voltar, as vezes eu tinha que chegar em casa pagando um moto-táxi, porque não dava para ficar aqui." Desde quinta-feira no entanto, o gerente sente mais tranquilidade.

"Às vezes tenho que esperar até uma hora, mas já me sinto mais seguro. Tem uma viatura de madrugada, e tá tudo bem mais tranquilo." Ronilson usa todos os dias os serviços do Eixo Anhanguera a partir do Terminal Praça da Bíblia.

Para Hugo Miranda que com 26 anos estuda Administração de Empresas e com frequência usa os serviços do Eixo Anhanguera, relata que já presenciou assaltos dentro das plataformas.

"Mas agora já vejo viaturas abordando o pessoal suspeito. Dentro dos terminais melhorou bastante", relata o estudante.

Os funcionários da Metrobus que trabalham nos Terminais também notaram melhorias. Alcides Tavares com 60 anos, coordena o Terminal Praça da Bíblia há mais de um ano, é só elogios a ação da Policia Militar.

"Melhorou muito. Antes a situação estava largada, difícil e complicada. Toda hora a gente via alguém correndo falando que tinha alguém com faca e arma. Agora não tem mais isso. Só tenho a elogiar essa ação. Agora a pouco uma viatura foi pra outro Terminal, mas daqui à pouco chega outra. Sempre tem policia aqui", que salienta o tempo de aproximadamente 20 minutos sem uma viatura dentro do Terminal.

Sérgio Augusto Massuda, 42 anos, trabalha como Fiscal no Terminal da Praça da Bíblia menciona que era insuportável e temeroso ir trabalhar.

"Eu vinha trabalhar com medo, sem ser se ia voltar, porque essa era a realidade do Eixo" em tom de desabafo, no entanto menciona a competência da Policia em toda a ação. "Mudou completamente. Na quinta-feira mesmo, precisei do serviço deles e eles foram muito competentes" completando que quer ir na corregedoria da Policia formalizar seus elogios. "Fui super bem atendido, quero até ir na corregedoria elogiar os policiais que estavam aqui na quinta-feira."

Para o Capitão Franklin o trabalho da Policia Militar nos Terminais é importante devido ao aglomerado de pessoas que circulam pelo local.

"É importante tendo em vista que é um local de grande fluxo de pessoas. Isso já é uma determinação do nosso Comando de Policiamento da Capital (CPC), intensificar o patrulhamento das capitais", concluí o Capitão.

Fonte: Metrobus