DF: Terminais do Expresso DF apresentam problemas

Vidros trincados, catracas danificadas, paredes e grades pichadas são alguns dos problemas encontrados no Terminal do Gama. Passageiros relatam sensação de insegurança.

As catracas que não funcionam, viraram lixeiras. No Terminal de Santa Maria, a parede da bilheteria está completamente pichada. Na Estação Park Way, as grades também sofreram as ações de vandalismo, a ponto de faltarem os vidros de proteção do local na área de embarque. Com a falta de luminosidade, uma sensação de insegurança é visível.

Os passageiros que pegam os primeiros coletivos nos terminais do BRT, relatam que nem com a presença da vigilância se sentem seguros, ainda mais depois do ocorrido no Terminal de Santa Maria, onde bandidos prenderam os seguranças na sala de vigilância e tentaram roubar o cofre do terminal.

Os usuários ainda reclamam da segurança nas linhas alimentadoras do BRT. Eles relatam que já sofreram assaltos dentro e fora dos coletivos, nos pontos de parada. A PMDF informou que faz ronda em todos os terminais rodoviários do DF, exceto no Gama e Plano Piloto, pois nestes há postos fixos. Já sobre os outros problemas relatados na reportagem, a assessoria do GDF disse que vai contratar uma empresa de vigilância e manutenção em um prazo de dois meses.

Fonte: G1 DF