DF: Motoristas e cobradores de cooperativas fazem protesto na Rodoviária do Plano Piloto

Segundo a Polícia Militar, cerca de 500 Rodoviários, de cinco cooperativas, Cootarde, Coopertran, Cobrataete, Cootransp e Coopatag, de transporte público, bloquearam as entradas dos ônibus na Rodoviária do Plano Piloto, na tarde desta quarta (15). O ato foi organizado para reivindicar uma equiparação salarial com categorias de coletivos tradicionais, aumento do tíquete-alimentação e da cesta básica, além da diminuição, em 40 minutos, da carga horária de trabalho. A categoria anunciou greve nesta madrugada.

O trânsito no local ficou muito complicado. Mas, no final da tarde, após negociações com policiais militares, os manifestantes liberaram o local.

Reunião

No início da tarde, os servidores se reuniram com representantes das empresas e com o sindicato da categoria para um possível acordo. No entanto, sem avançar as negociações, rodoviários anunciaram que a paralisação irá continuar por tempo indeterminado.

As cooperativas informam que querem um aumento de R$ 0,50 no preço das passagens. Se o reajuste for aceito, o valor sairá de R$ 1,50 para R$ 2. Elas reclamam, ainda, da falta de repasse do Passe Livre Estudantil e de Portadores de Necessidades Especiais. "O valor dos passes deveriam ser depositados pelo Governo do Distrito Federal a cada quinze dias, mas não está sendo feito", informaram os representantes.

300 mil passageiros serão afetados

De acordo com o DF Trans, as empresas que aderiram a paralisação são responsáveis por 109 linhas, que atendem cidades como Planaltina, Itapoã, Sobradinho, Paranoá, Samambaia, Recanto das Emas, Taguatinga, Ceilândia e Brazlândia. Cerca de 300 mil passageiros são afetados com a greve.

A Secretaria de Mobilidade (Semob) disse que está em negociação com as cooperativas e com o Sindicato dos Rodoviários há quase um mês. "Estamos estudando a implantação de um plano emergencial para que o usuário não sofra com a interrupção do serviço", concluiu a pasta.

Fonte: Da redação do Jornal de Brasília