DF: Inversão de trânsito na Samdu e na Comercial começa a ser preparada

Começou neste sábado (18) o alargamento da pista na confluência entre as Avenidas Hélio Prates e Samdu Norte, em Taguatinga. A obra faz parte das adaptações para permitir a inversão no fluxo do trânsito da Samdu e da Comercial, o que está previsto para ocorrer depois que a primeira receber novo asfalto. Desde quarta-feira (15), equipes da Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) e funcionários da empresa contratada para o serviço estão no local. O trabalho será feito durante o dia, com o apoio do Departamento de Trânsito (Detran) para o fechamento das vias, quando necessário.

Ainda não há prazo para esse ajuste ser concluído, mas o vice-governador de Brasília, Renato Santana, disse hoje que recebeu determinação expressa do governador Rodrigo Rollemberg para que ele dure o menor tempo possível. "Somente com o início das obras e dependendo do andamento nas vias, da existência ou não de congestionamento, por exemplo, é que vamos ter como precisar a duração", explica Santana.

A mudança

Com a inversão, o fluxo de veículos na Samdu será do centro em direção à Avenida Hélio Prates. Na Comercial, o tráfego fluirá no sentido norte-sul, indo do Taguacenter à área central de Taguatinga. A mudança inclui a reprogramação das sinalizações horizontais e verticais, dos semáforos e das linhas de ônibus, além de reforço na iluminação e na segurança. As duas vias — por onde circulam cerca de 68 mil veículos por dia — são paralelas e de mão dupla, com duas faixas de rolamento em cada sentido.

Demais aspectos da alteração, como a construção de calçadas e ciclovias, serão discutidos em reuniões de trabalho entre representantes do governo, da comunidade e de movimentos organizados da região administrativa. A decisão foi anunciada na quarta-feira, durante encontro de Rollemberg com lideranças comunitárias e empresariais de Taguatinga.

Fonte: Agência Brasília